Mamoplastia e seu pós-operatório

Depois da Mamoplastia são necessários os cuidados gerais que devem ser observados em qualquer cirurgia: prevenção medicamentosa de dores (analgésicos) e infecções (antibióticos, se necessários); não tracionar a região operada; deambular o mais rapidamente possível; cuidar bem dos curativos, etc.

Pós-operatório para Mamoplastia em Belém

Os cuidados específicos com a cirurgia das mamas são:

  • No primeiro mês pós-cirurgia, não movimentar os braços acima dos ombros.
  • Usar sutiã de sustentação, ou sutiã cirúrgico, durante um mês.
  • Não dormir de lado por 30 dias ou de bruços por 90 dias.
  • Evitar tomar sol nas mamas ou fazer exercícios que as sacudam, por 90 dias.
  • Trocar regularmente os curativos durante trinta a sessenta dias.
  • Não carregar pesos, praticar exercícios físicos ou dirigir por trinta dias.
  • Retirar os pontos no período indicado pelo cirurgião plástico (às vezes são usados pontos absorvíveis, que não precisam ser retirados).
  • Os hidratantes podem ser passados ao redor das mamas, mas não sobre o corte cirúrgico.
  • A mulher operada não deve ficar sem sutiã durante os três meses seguintes à cirurgia e depois deve diminuir esse tempo em quatro horas no máximo.
  • As cicatrizes cirúrgicas passarão por diversos estágios de evolução e, não havendo complicações, ficarão cada vez mais inaparentes, atingindo seu estágio definitivo ao final de um ano após o procedimento. No entanto, elas são facilmente encobertas por sutiãs ou biquínis. As mamas operadas também passam por fases evolutivas e somente depois de doze a dezoito meses assumem sua forma definitiva.

Pacientes com mamas muito grandes, que tenham sido reduzidas, podem apresentar dificuldades de amamentar; se as reduções forem médias ou pequenas, é possível que não haja problemas.